RSS

Arquivo mensal: agosto 2012

Evento – II Workshop de Prevenção de Acidentes com Máquinas na áreas Agrícola e Florestal

Faculdade de Ciências Agronômicas – UNESP

Universidade Federal do Ceará- UFC

Fazenda Experimental Lageado – Botucatu – SP

11 e 12 de Setembro de 2012.

Apresentação


A agricultura é um setor da economia de grande importância e em especial a agricultura familiar sendo considerada a fonte de maior absorção de mão-de-obra e produção de alimentos. Os poucos dados e estudos existentes apontam para uma situação preocupante, com relação aos riscos de acidentes envolvidos no meio agrícola e florestal, em função de vários fatores, dentre os quais a mecanização e automação do trabalho rural, a utilização de transporte automotivo, utilização de insumos químicos, ferramentas e equipamentos inadequados, o trato com os animais de criação, dentre outros.

Devido ao crescente aumento do número de acidentes com Tratores e Equipamentos Agrícolas, muitos deles devido à falta de informação dos operadores, a Faculdade de Ciências Agronômicas, da UNESP – Universidade Estadual Paulista, Campus de Botucatu e a Universidade Federal do Ceará, com a parceria da Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais – FEPAF, o Núcleo de Ensaios de Máquinas e Pneus Agrícolas e Florestais NEMPA e o Laboratório de Investigação de Acidentes com Máquinas Agrícolas – LIMA; promoverão o 2º Workshop Sobre Prevenção de Acidentes com Máquinas na Área Agrícola e Florestal, no período de 11 e 12 de Setembro de 2012.

O público estimado é de 300 pessoas, composto por: Agricultores, Engenheiros de Segurança, Engenheiros Agrônomos, Engenheiro Agrícolas, Engenheiros Florestais, Empresas de Máquinas, Empresas de produtos de Segurança, Profissionais da área de Saúde, Empresas Agrícolas e Florestais, estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, docentes e demais interessados nas áreas de Segurança e Prevenção de Acidentes Agrícolas e Florestais.

Planejamento do evento:


Local de Realização:

Auditório Paulo Rodolfo Leopoldo

Faculdade de Ciências Agronômicas, UNESP – Campus de Botucatu.

Data: 11 e 12 de Setembro de 2012

Público esperado: 300 pessoas

Programação


Dia 11 de Setembro de 2012

8h00

Inscrições e Entrega de Material

8h30

Cerimonial de abertura

9h30

An Introduction on Green Care and Forest Medicine: for human health, social innovation, and rural development

Prof. Dr. Christos Gallis – Forest Research Institute – Grecia.

11h00

Coffee Break

11h15

Antropometria: Uma contribuição para melhoria da segurança em máquinas agrícolas

Prof. Dr. João Eduardo Guarnetti dos SantosProfessor do Depto de Engenharia Mecânica – FEB-UNESP- Bauru -Área de Projetos e Segurança em Máquinas

12h30

Almoço

14h00

A Nova NR-12 e as Máquinas para Uso Agrícola e Florestal

Bruno Caruso Bilbao Adad – Engenheiro de Segurança no Trabalho, Responsável pela articulação de ações do SENAI-Empresas para a proteção de máquinas e equipamentos

15h30

Coffee Break

16:00

Símbolos gráficos característicos de comandos, controles e componentes: Dados e aspectos importantes a considerar no projeto e utilização de máquinas agrícolas.

Airton dos Santos Alonço – Professor Dr. de Máquinas Agrícolas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)- RS

Dia 12 de Setembro de 2012

8h30

Acidentes com Máquinas Agrícolas no Brasil

Leonardo de Almeida Monteiro – Professor Dr. De Mecanização Agrícola da Universidade Federal do Ceará-(UFC), Coordenador do Laboratório de Investigação de Acidentes com Máquinas Agrícolas – LIMA

9:40

Exposição do agricultor familiar a agentes químicos e físicos:  levantamentos preliminares

Ângelo Vieira dos Reis – Professor Dr. de Máquinas Agrícolas da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (Faem) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel)- RS, e

Autor do Livro “Acidentes com Máquinas Agrícolas: Texto de Referência Para Técnicos e Extensionistas” –

11h00

Coffee Break
12h30 Almoço

14h00

Normas Técnicas Relacionadas a Segurança em Tratores

Dra Ila Maria Corrêa – Diretora  do Centro De Engenharia e Automação do Instituto Agronômico de Campinas.

15h30 Coffee Break

16h00

Acidentes com Tratores Agrícolas e Máquinas Acopladas

Gilberto José Cação Pereira – Chefe do Centro de Cirurgia e Ortopedia e Professor Dr. da Faculdade de Medicina da Unesp- Botucatu

17h30 Encerramento

* Programação sujeita a alterações

 

Inscrições


Categoria

Até 19/08/2012

Após

19/08/2012

Profissionais

R$ 180,00

R$ 250,00

Estudantes de pós-graduação*

R$ 100,00

R$ 120,00

Estudantes de graduação*

R$ 80,00

R$ 100,00

* Apresentação obrigatória de comprovante de matrícula em 2012

O pagamento da taxa de inscrição dá direito a:

– Entrada na sessão de abertura;

– Participação nas palestras do workshop;

– Café, durante os horários pré-determinados;

– Certificado de participação.

 

Contato / Equipe


Coordenador Geral

Dr. Kléber Pereira Lanças

Docente do Departamento de Engenharia Rural

Faculdade de Ciências Agronômicas/Unesp

 

Comissão organizadora

 

Dr. Leonardo de Almeida Monteiro

aiveca@fca.unesp.br

Dr. Saulo Philipe Sebastião Guerra

ssguerra@fca.unesp.br

 

Dr. Paulo Roberto Arbex Silva

arbex@fca.unesp.br

 

Gestão financeira e logística

            Setor de eventos – FEPAF

14.3882-6300 ramal 3

cursosfepaf@fca.unesp.br

Central de informações


A proposta foi elaborada visando facilitar as negociações, portanto a comissão de captação de recursos está à disposição para tornar o patrocínio um investimento de relação custo/beneficio elevada e no aguardo de sugestões e propostas.

Setor de eventos – FEPAF

14.3882-6300 ramal 3

www.fepaf.org.br

cursosfepaf@fca.unesp.br

Botucatu, Junho de 2012.

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 29+00:00 agosto 29+00:00 2012 em Eventos

 

Tags: , , ,

Publicações – Antes de Acelerar

Artigo do Prof. Dr. Leonardo Monteiro, Coordenador do Laboratório de Investigação de Acidentes com Máquinas Agrícolas -LIMA e professor de Mecanização Agrícola da Universidade Federal do Ceará publicado  na revista A Granja.

Para download do artigo “Antes de Acelerar” clique no link abaixo

Download

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 27+00:00 agosto 27+00:00 2012 em Publicações

 

Tags: , , , , , , , ,

Acidentes – Acidente com trator agrícola faz vítima mortal

trator

 

Um homem morreu este sábado em Freixo de Espada à Cinta na sequência de um acidente com tractor agrícola.Aconteceu cerca das 20H15 junto a Fonte do Carril.  O homem, de 69 anos, tinha ido jantar a casa do filho e deixou o tractor estacionado à entrada da vila.

O corpo foi encontrado pelo próprio filho que estranhou a demora no regresso a casa.“Eu tenho alguma experiência com tractores e pelo que eu vi, o meu pai terá deixado o tractor em ponto morto pensando que o tivesse deixado engatado”, explica, acrescentando que “como aquilo era um bocadinho a descer, o tractor acabou por ir de marcha-atrás, galgou uma parede, capotou e o meu pai ficou debaixo”.Raul Miguel Martins acrescenta que já nada havia a fazer.

“Quando me deparo com a tragédia, ainda lhe agarrei a mão, mas o tractor estava mesmo em cima dele e não houve remédio”, refere.Ao local acorreram os bombeiros de Freixo de Espada à Cinta.Foi também accionado o helicóptero do INEM, mas acabou por não ser utilizado uma vez que a equipa médica declarou o óbito da vítima no local.

De recordar que este é o terceiro acidente mortal a envolver tractores agrícolas, este ano no distrito de Bragança.

 

Escrito por Brigantia (CIR) 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 27+00:00 agosto 27+00:00 2012 em Acidentes com trator

 

Tags: , ,

Acidentes – Homem morre após acidente com trator (4982)

Antonio Vanair de Macedo Lopes tinha 42 anos (Fotos:Farrapo e Reprodução)

Um homem de 42 anos morreu, na tarde desta sexta-feira, dia 24, em decorrência de um acidente com um trator no interior de Caçapava do Sul.

Conforme informações da Polícia Civil, o trabalhador rural, Antonio Vanair de Macedo Lopes (Toninho), e outro tratorista estavam roçando um campo quando o fato ocorreu na localidade de Passo da Promessa.

Em depoimento à polícia, o colega contou que os dois tratores estavam a uma distância de 500 metros, mas era possível um tratorista ver outro. O colega notou que havia algo errado quando não avistou mais o companheiro de trabalho.

Ele desligou o motor do trator e não ouviu o barulho do outro veículo, então resolveu ver o que tinha acontecido. Ao chegar ao local do acidente viu o colega caído no campo e o trator em uma sanga, cerca de 30 metros da vítima.

O corpo de Antonio Vanair foi encontrado com o rosto desfigurado e a perna direita despedaçada. O corpo foi encaminhado para necropsia em Cachoeira do Sul. As informações preliminares da polícia é que ele tenha tido um mau súbito ou caído do trator enquanto fazia alguma manobra.

Antonio Vanair será velado na Capela A da Funerária Nossa Senhora das Graças. O sepultamento será neste sábado, às 15h, no Cemitério da Picada Grande.

Por Marcelo Marques
jornalismo@farrapo.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 27+00:00 agosto 27+00:00 2012 em Acidentes com trator

 

Tags: , , ,

Publicações – SEGURANÇA NA CONDUÇÃO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS EM VIAS PÚBLICAS

Artigo do Prof. Dr. Leonardo Monteiro, Coordenador do Laboratório de Investigação de Acidentes com Máquinas Agrícolas -LIMA e professor de Mecanização Agrícola da Universidade Federal do Ceará publicado  na revista Cultivar Máquinas

SEGURANÇA NA CONDUÇÃO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS EM VIAS PÚBLICAS

para download clique no link abaixo

Download

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 25+00:00 agosto 25+00:00 2012 em Publicações

 

Tags: , , ,

Publicações – Acidentes no Campo

Artigo do Prof. Dr. Leonardo Monteiro, Coordenador do Laboratório de Investigação de Acidentes com Máquinas Agrícolas -LIMA e professor de Mecanização Agrícola da Universidade Federal do Ceará publicado  na revista Agrimotor.

Read the rest of this entry »

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 23+00:00 agosto 23+00:00 2012 em Publicações

 

Tags: , , ,

Publicações – SINISTRALIDADE RODOVIÁRIA COM TRACTORES AGRÍCOLAS

Nesta publicação da ANSR (Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária) Orgão Público de Portugal relata estudos sobre acidentes com tratores agrícolas em vias públicas.

Read the rest of this entry »

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 21+00:00 agosto 21+00:00 2012 em Publicações

 

Tags: , ,

Trator capota e mata jovem no interior de Santa Cruz

Acidente foi na Travessa Kipper; Saulo Gabriel Graff, de 23 anos, morreu instantes depois de pedir socorro
Foto: Portal Gaz/Igor Müller

Um jovem de 23 anos morreu depois que o trator que ele operava bateu no tronco de uma árvore e capotou. O acidente foi no começo da tarde deste sábado, 18, na Travessa Kipper, interior de Santa Cruz do Sul. Esta é a segunda morte registrada em menos de um mês na região envolvendo acidentes com trator na zona rural.

Conforme a Brigada Militar, Saulo Gabriel Graff, de 23 anos, era morador de Venâncio Aires e hoje atendeu o pedido de parentes para lavrar uma pequena área de terra em uma propriedade localizada a cerca de dois quilômetros da RSC-287, nas curvas que ligam o Acesso Grasel a Pinheiral.

O trator é antigo e havia sido emprestado à família. O implemento estaria em más condições de uso. Os parentes da vítima acreditam que Graff tenha batido em um tronco, o que fez o trator capotar. O jovem ainda conseguiu pedir socorro, mas quando as equipes do Samu chegaram ao local ele já estava morto.


Saulo Gabriel Graff, 23 anos
FOTO: Reprodução


fonte: Redação Portal Gaz

 
 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 21+00:00 agosto 21+00:00 2012 em Acidentes com trator

 

Tags: ,

Acidentes – Mecânico morre esmagado por máquina agrícola em Conceição

Registrado na manhã de ontem possível acidente de trabalho com vítima fatal. O trabalhador, um mecânico de máquinas agrícolas, teve “dilaceramento e esmagamento de toda a mandíbula”. Ele chegou a ser socorrido, mas já estava morto quando chegou ao hospital. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Por volta de 2h de ontem, segundo relato de testemunhas, o mecânico Jario Marques dos Santos, 25 anos, foi chamado à fazenda Satélite (próximo à fazenda Laranjal), em uma lavoura de cana de açúcar, para fazer manutenção em uma máquina agrícola de marca Case, modelo IH-8800, de propriedade da Usina Caeté. O equipamento havia apresentado problemas na esteira.

Ao terminar de fazer os reparos, o mecânico teria determinado que a máquina fosse ligada para fazer um teste. Ainda conforme relatos de testemunhas, o mecânico Jario Marques dos Santos ficou com a cabeça perto da esteira. Em dado momento, ele foi colhido pelo equipamento. Os colegas que estavam próximos prestaram socorro à vítima, que ainda estava viva.

O mecânico de máquinas agrícolas foi levado ao Hospital Municipal João Henrique, na cidade de Conceição das Alagoas, onde foi recebido e atendido pelo médico Fagner Gomides Torres e constatado que chegou sem vida. Conforme o médico, o mecânico apresentava “corte contuso acima da mandíbula, perda de dentes e dilaceramento e esmagamento de toda a mandíbula”.

E, por volta de 9h, ainda da manhã de ontem, o corpo de Jario Marques dos Santos foi necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) em Uberaba e em seguida liberado e levado de volta, por uma funerária, a Conceição das Alagoas, onde foi velado e sepultado.

O perito da Polícia Civil compareceu à fazenda onde estava a máquina agrícola e fez imagens, bem como alguns testes no equipamento e também colheu informações para o devido laudo.

Por determinação do delegado Cláudio Renato Ondas, titular da Delegacia de Polícia Civil em Conceição das Alagoas, foi aberto inquérito policial para apurar as causas que levaram à morte do mecânico de máquinas agrícolas Jario Marques dos Santos.

Fonte: JM Online

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 20+00:00 agosto 20+00:00 2012 em Acidentes com trator

 

Acidente – Acidente com trator causa a morte de um idoso em Nova Araçá

Silvano Farina, 73 anos, se deslocava com o veículo até a sua residência, na Linha XV
Na noite de domingo, 12, no interior de Nova Araçá um homem de 73 anos morreu em um acidente de trator.

De acordo com a Brigada Militar, Silvano Farina, se deslocava com o veículo trator de Nova Araçá até a sua residência, na Linha XV, onde tombou lateralmente o trator caindo dentro de uma vala.

O idoso morreu no local.

Fonte: Olá Serra Gaúcha

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 17+00:00 agosto 17+00:00 2012 em Acidentes com trator

 

Tags: , ,

Notícias – Estudo aponta participação de caminhões em 23% dos acidentes com mortes no Rio Grande do Sul

Um estudo realizado pelo Detran/RS sobre os acidentes com caminhões no Estado, disponibilizado no site da autarquia, apontou que os caminhões e os caminhões-tratores estão envolvidos em 23% dos acidentes com mortes no Rio Grande do Sul.

​Um estudo realizado pelo Detran/RS sobre os acidentes com caminhões no Estado, disponibilizado no site da autarquia, apontou que os caminhões e os caminhões-tratores estão envolvidos em 23% dos acidentes com mortes no Rio Grande do Sul. Os veículos, no entanto, representam apenas 5% da frota gaúcha. Isso significa que a participação percentual dos caminhões nos acidentes com vítimas fatais é mais de quatro vezes seu peso percentual na frota em circulação.

Do total de 8.665 acidentes que ocorreram entre 2007 e 2011 nas ruas e estradas gaúchas, 2.017 tiveram participação de pelo menos um caminhão. Os acidentes com pelo menos um caminhão envolveram 4.467 veículos, sendo 2.220 (50%) caminhões, 754 (17%) automóveis, 509 (11%) motos e 613 (14%) reboques. Bicicletas, com 148 (3%), e caminhonetes, com 154 (3%), completam os índices. O estudo utiliza a nova metodologia utilizada pela Autarquia, que contabiliza os óbitos até 30 dias após o acidente.

O número de vítimas fatais nesses mais de 2 mil acidentes chega a 2.408 (25% do total de 9.708 vítimas) no período. Do total de 12.171 veículos envolvidos em acidentes com morte (excluindo-se bicicletas, carroças e veículos sem registro), 18% eram caminhões ou caminhões-tratores. Das 1.255 placas identificadas, 87% são de veículos com placas do Rio Grande do Sul. Mais da metade dos acidentes com caminhões foram colisões (quando os veículos se chocam de frente).

Os atropelamentos representam um número importante: 310 casos (15%). O maior número de acidentes com esse tipo de veículo aconteceu nas sextas-feiras, dia de retorno dos caminhoneiros à cidade de origem, quando acontece o maior número de vítimas fatais. Em relação ao turno, concentraram-se no período diurno (60%), ao contrário dos acidentes em geral, que ocorrem com frequência à noite e durante a madrugada.

A matriz modal do RS, baseada no transporte rodoviário, ajuda a explicar a grande participação acidentes com vítimas fatais, já que 75% das ocorrências acontecem nas rodovias. Considerando a relação do volume de cargas transportadas pelas distâncias, as rodovias são responsáveis por 85,3% do total transportado no RS, quantidade superior à brasileira, que é de 68,6%.

Lei do Motorista Profissional

O Detran/RS entende que a Lei Federal nº 12.619/2012, que regulamenta a profissão de motorista do transporte de cargas e de passageiros, vai contribuir para a redução desses índices. A legislação exige dos profissionais períodos de descanso de 30 minutos a cada quatro horas, intervalo de uma hora para refeições, repouso diário de 11 horas, descanso semanal de 30h. Também proíbe a remuneração condicionada à distância percorrida, ao tempo de viagem e à quantidade de produtos transportados, entre outras medidas.

O diretor técnico do Detran/RS, Ildo Mário Szinvelski, avalia as novas regras como positivas, mas considera que adequações são necessárias, “como a criação de pontos de descanso, a intensificação da municipalização do trânsito, permitindo uma fiscalização mais efetiva, e também a aprovação no Senado do Estatuto dos Motoristas”.

 
Fonte: Detran RS

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 17+00:00 agosto 17+00:00 2012 em Notícias

 

Tags: , , , , , , ,

Acidente – Acidente com trator causa morte de agricultor no interior de Nova Candelária

O fato ocorreu por volta das 17:00 horas

Por volta das 17:00 hs de quarta-feira (15 de agosto), um acidente de trabalho causou uma morte no interior de Nova Candelária.

Volmir Klauck estava trabalhando em sua propriedade, na localidade de Lajeado Melancia,  quando em um local íngreme, ocorreu o tombamento do trator que dirigia, vitimando na hora o condutor em virtude dos ferimentos.

Fonte: Rádio Metrópole; Guia Crissiumal

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 17+00:00 agosto 17+00:00 2012 em Acidentes com trator

 

Tags: , , , ,

Publicações – Estruturas de proteção ao capotamento

Nos EUA, as mortes por capotamento de tratores agrícolas têm sido um problema identificado desde 1920, e hoje ainda continua liderando as causas de morte na agricultura daquele país

Dicas de prevenção

HUMANOS

Para os agricultores é recomendada a formação de um estabelecimento de ensino, o condutor deve conhecer as possíveis reações do trator e as situações de risco que podem estar presentes. Durante a operação do trator a atenção deve ser constante, evitando o excesso de autoconfiança.

FÍSICA

No trabalho:

– Aplicar o senso comum para cada risco, observe a inclinação máxima e sempre mantenha uma distância mínima de dois metros das bordas, valas, etc., cuidados na mudança de direção em relação a buracos ou irregularidades do terreno.

– Ao trafegar entre áreas com desnível sempre utilizar acessos adequados para mudar de áreas, a inversão nas encostas deve ser feita de forma harmoniosa e com o implemento levantado de tal forma que a frente do trator fique sempre na parte mais baixa do terreno.

– Não há necessidade de rebocar máquinas pesadas em declives acentuados, existe o risco de tombar para trás, se uma máquina é montada e esta suspensa acima do centro de gravidade do trator.

– Quando você inicia a descida em um terreno com o reboque carregado, defina a menor velocidade para evitar alterações e perda de controle do trator.

– Soltar o pedal da embreagem do trator sempre de forma suave e progressiva. Em modelos automáticos, deve acelerar suavemente após a ativação da mudança.

– Na ocorrência de tombamento e o trator estando equipado com estrutura de proteção ao capotamento (EPC) e cinto de segurança, segure firme no volante e NUNCA tente saltar.

Durante o deslocamento do trator utilize a trava de segurança dos freios mantendo-os sempre unidos.


Ao rebocar outras máquinas, certifique-se que o acoplamento do cabo de aço foi feito na barra de tração para garantir que o ponto de engate é o mais baixo
possível.

Segundo Loringer, nos EUA, as mortes por capotamento de tratores agrícolas têm sido um problema identificado desde 1920, e hoje ainda continua liderando as causas de morte na agricultura daquele país.

Springfeldt, afirma que sérias lesões causadas por capotamento do trator podem ser prevenidas pelo uso da estrutura de proteção ao capotamento (ROPS). Em alguns países, as autoridades já estabeleceram a obrigação do uso dessa medida de segurança há muitos anos e, em outros existe apenas recomendação. Na Suécia, a obrigatoriedade do uso dessa proteção em tratores novos foi estabelecida em 1959, na Dinamarca em 1967, Finlândia, 1969, Inglaterra e Nova Zelândia 1970 e Estados Unidos1972. O autor relata que na Suécia a frequência de acidentes fatais por capotamento para cada 100.000 tratores, foi reduzida de 17 para 0,3/ano, desde que foi introduzida a obrigatoriedade do uso da proteção ao capotamento.

Gassend em trabalho sobre acidentes fatais com tratoristas em Zagreb (Croácia) refere que a grande maioria dos acidentes (79%) foi por capotamento de trator.

Já Carlson et al. em estudo sobre dados referentes a lesões envolvendo operações agrícolas com tratores em 5 estados do Meio-Oeste dos Estados Unidos da América, referem que 1/3 de todas as lesões reportadas ocorrem no momento de subir ou descer do trator. Douphrate em estudo sobre lesões provocadas por tratores no Colorado (Estados Unidos da América), no período de 1992 – 2004, reporta que uma grande porcentagem dos acidentes (21%), ocorreram no momento de subir ou descer da máquina, e acrescenta que o tornozelo foi o local mais envolvido nas lesões. O autor sugere inclusive investigação no “design” relacionado à segurança quanto ao ato de subir e descer dos tratores. Em seu trabalho, somente 21% dos acidentes foram por capotamento do trator. Lee et al em trabalho semelhante também observaram que em mais de 40% das lesões relacionadas ao trator ocorreram no momento de subir ou descer da máquina.

Conscientização do operador, conhecimento da máquina e treinamento podem contribuir e muito para a redução dos acidentes com máquinas agrícolas.

Fonte: http://www.diadecampo.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 17+00:00 agosto 17+00:00 2012 em Publicações

 

Tags: , , , , , ,

Notícias – Manuseio de máquinas agrícolas exige cuidados

Falta de atenção e de preparo no uso da ferramenta podem ser fatais
Ulisses Job/Agencia RBS

Foto: Ulisses Job/Agencia RBS
Falta de atenção e de preparo no manuseio das máquinas podem acarretar acidentes no campo

 

As máquinas agrícolas otimizam o tempo e aumentam a produção nas propriedades rurais, mas o risco de acidentes no manuseio da ferramenta exige muito cuidado. A falta de atenção e de preparo podem causar acidentes e até mesmo morte, como ocorreu na semana passada em Paulo Bento, no norte do Rio Grande do Sul. Um trator tombou e caiu em um barranco, matando o operador José Rodrigues, de 51 anos, que só foi encontrado no dia seguinte.

Segundo dados da indústria nacional, cerca de 50 mil tratores são vendidos por ano no país. A tecnologia empregada nas máquinas exige treinamento dos operadores antes mesmo da utilização na lavoura. Desde 2009, os modelos devem oferecer mais proteção ao operador, como arco e cinto de segurança. Apesar disso, a agilidade proporcionada pela mecanização do campo exige do agricultor cuidados redobrados na hora de operar máquinas agrícolas. De acordo com o engenheiro e diretor de loja Roberto Saldanha, o trator deve ser usado apenas como ferramenta de trabalho e não para o lazer. Segundo ele, a atenção do operador deve ser maior ao andar por terrenos desconhecidos.

 

Fonte: CANAL RURAL

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 15+00:00 agosto 15+00:00 2012 em Notícias

 

Tags: , , , , , ,

Publicações – Questões Polêmicas dos Pneus Agrícolas

1) A vida do pneu radial irá diminuir se forem utilizadas baixas pressões de inflação?

R: Se a baixa pressão for compatível com a carga aplicada no pneu, provavelmente o pneu terá uma vida maior do que inflado com altas pressões, pois as baixas pressões aumentam a área de contato do pneu com o solo e, conseqüentemente, diminuem o deslizamento (patinagem) e, com isso, o desgaste do pneu será menor.

 2) Os fabricantes de pneus honrarão os termos de garantia dos pneus se as baixas pressões forem utilizadas?

 R: Sim. Todas as grandes empresas fabricantes de pneus recomendam o uso da “baixa/correta” pressão nos pneus radiais. Elas têm publicado manuais e catálogos que fornecem tabelas para selecionar a pressão correta do pneu, porém, consulte o fabricante do pneu ou do trator e siga as recomendações descritas no manual do proprietário.

 3) É necessário mudar a pressão de inflação do pneu toda vez que for mudado o equipamento com o qual o trator está trabalhando?

 R: Caso os equipamentos sejam semelhantes em peso e forma de acoplamento no trator (de arraste ou montado) essa regulagem minuciosa pode não ser necessária. Porém, caso os equipamentos sejam muito diferentes,principalmente em peso, nova regulagem será importante.

 4) Os pneus radiais poderão ser instalados em tratores mais antigos? Poderá acontecer dos pneus “escorregarem” no aro?

 R: Os aros de tratores mais modernos são construídos com assento bastante preciso e as novas técnicas de montagem de pneus com líquidos selantes têm resolvido esse problema. Porém, com aros velhos, deve-se tomar cuidado redobrado para que isso não aconteça. Tratores de grande potência 4 x 4 equipados com aros de até 46 polegadas de diâmetro também devem ser alvo de cuidados especiais na montagem. Em caso de rodarem no aro, recomenda-se a troca do aro ou aumento da pressão até que o problema seja solucionado.

 5) Haverá perigo de sobrecarregar a unidade de potência do trator quando os pneus são inflados com baixas pressões?

 R: Quando se utiliza a pressão adequada à carga aplicada no eixo, maiores áreas de contato do pneu com o solo são obtidas e isso irá refletir em maior capacidade de tração do trator, quando comparada com pneus muito inflados. Neste caso, a velocidade de deslocamento do trator deve ser ajustada para que o sistema não seja sobrecarregado.

É importante manter a velocidade de deslocamento adequada durante as operações de preparo do solo mais pesadas. A potência adicional do trator deve ser utilizada para se obter maiores velocidades de deslocamento e aumentos de produtividade e não para tracionar equipamentos maiores, que exijam maiores potências.

 6) É necessário lastrar o trator quando se utiliza pneus radiais inflados com a pressão recomendada?

 R: A lastragem deve ser realizada para que se obtenha o melhor desempenho do trator. A quantidade de lastro depende do tipo de trator (4 x 2,  4 x 2 TDA e 4 x 4), tipo de equipamento a ser utilizado com o trator e do tipo e condições do solo. Normalmente, as especificações de lastragem devem ser fornecidas pelos fabricantes e revendedores de tratores. Após a adequação da lastragem, a pressão de inflação do pneu poderá ser obtida.

 7) A baixa pressão de inflação dos pneus de tratores 4 x 4 influirá na vibração ou saltos (“power hop”), que podem surgir quando esses tratores realizaram operações que exigem grandes forças de tração?

R: Em geral, o uso da “baixa/correta” pressão de inflação dos pneus radiais contribui para diminuir os saltos que esse tipo de trator pode apresentar nessas condições extremas. Porém, sob certas condições de solo, essa situação pode perdurar, quando equipamentos de arrasto são utilizados. Para maiores informações, contacte o seu revendedor de tratores ou os Órgãos de Pesquisas e Universidades.

Fonte: http://www.diadecampo.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 15+00:00 agosto 15+00:00 2012 em Publicações

 

Acidente

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 12+00:00 agosto 12+00:00 2012 em Acidentes com trator

 

Acidente – Ambulância que conduzia criança de seis meses para Penedo colide com trator

Veículo que ficou parcialmente destruído

Read the rest of this entry »

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 11+00:00 agosto 11+00:00 2012 em Acidentes com trator

 

Vídeo – Atividades com máquinas agrícolas podem provocar graves acidentes aos trabalhadores

Assista vídeo do G1 Rio Grande do Sul que fala sobre os riscos que as atividades com máquinas agrícolas podem causar.

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/videos/t/todos-os-videos/v/atividades-com-maquinas-agricolas-podem-provocar-graves-acidentes-aos-trabalhadores/2081769/

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 11+00:00 agosto 11+00:00 2012 em Vídeos

 

Tags: , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: