RSS

Cuidado redobrado

22 nov

Com o andamento do plantio da soja na região, torna-se comum o tráfego de maquinários agrícolas nas rodovias. A prática perigosa pode resultar em sérios acidentes, como o que ocorreu no fim de semana em Augusto Pestana. O perigo é considerado maior nas rodovias estaduais, já que vários trechos não têm acostamento. Uma das principais preocupações é com o trânsito de colheitadeiras, que ocorre principalmente em março e abril, pois, além das máquinas tomarem conta das rodovias, por serem muito grandes, trafegam em velocidades bem abaixo a de outros veículos.
Conforme o sargento Douglas Santos, da Polícia Rodoviária Estadual de Cruz Alta, para trafegar em rodovia, os veículos agrícolas devem estar embarcados. “Todo o veículo que trafegar em rodovia deve ser registrado ou licenciado, o que não é o caso dos implementos agrícolas. Já está tramitando há algum tempo, e inclusive já tem uma resolução, que prevê o emplacamento desses veículos novos”, destaca.
O sargento ressalta que, como a área é de cultivo agrícola, a rodovia é muito utilizada neste período do ano. “Mas é um transporte irregular, não pode. O agricultor que fizer uso da rodovia para fazer esse tipo de transporte vai arcar com as consequências”, enfatiza, lamentando o acidente fatal que ocorreu na região envolvendo maquinário agrícola.
Para o sargento, o risco maior é o das máquinas agrícolas que trafegam à noite, sem sinalização. “Tem que haver a conscientização quanto à responsabilização e de que não é permitida a trafegabilidade na rodovia, apenas embarcados”, salienta.
Já o tráfego de tratores pequenos é permitido pelo acostamento, em curta distância e durante o dia, mas o condutor deve ser devidamente habilitado para o veículo, possuindo pelo menos a Carteira de Habilitação na categoria C. Onde não há acostamento, é indicado que os tratores sigam o mais próximo possível da margem direita da pista. Toda máquina agrícola, para trafegar em uma rodovia, deve respeitar a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997,, que instituiu o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Fonte: Jornal da Manhã JM

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

 
%d blogueiros gostam disto: