RSS

Agricultor que morreu em acidente na RSC-287 foi sepultado em São Sepé

15 abr

O corpo de Luciano Lopes da Silva, 31 anos, foi sepultado às 16h30min deste domingo, no Cemitério do Boqueirão, na Vila Block, em São Sepé. O agricultor morreu em um acidente de trânsito, no início da noite de sábado, em Santa Maria.

Segundo o Batalhão Rodoviário da Brigada Militar, Silva dirigia um trator, quando o graneleiro (equipamento usado para transportar arroz) que era rebocado pelo veículo foi atingido na traseira por um Gol, que andava no mesmo sentido: Restinga Seca-Santa Maria.

A colisão aconteceu às 19h10min, na altura do km 29 da RSC-287, na entrada da Vila Figueira. Ainda segundo o Batalhão Rodoviário, com o impacto o trator acabou tombando por cima de Silva. A vítima foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Conforme a polícia, o motorista do carro foi identificado como André Luis Cioccari Pinto, 21 anos. Após o acidente, o jovem abandonou o carro e fugiu do local. Seu advogado, Daniel Toneto, adianta que seu cliente está a disposição da polícia e deve se apresentar na delegacia ainda esta semana.

De acordo com o delegado César Renan dos Santos, titular da Delegacia de Trânsito, será instaurado um inquérito policial para investigar as circunstâncias do acidente. O delegado confirma o contato do advogado do condutor do Gol e deve chamar o jovem para depor nos próximos dias. Além de ouvir testemunhas, o delegado irá verificar se o trator poderia estar trafegando naquele perímetro da rodovia. Santos adianta que, em princípio, veículos como tratores e máquinas usadas especificamente para trabalho agrícola não seriam licenciadas para andar em vias públicas.
_ Algumas máquinas da prefeitura, por exemplo, são emplacadas e a gente vê trafegando pela rua. Esse é um caso bastante específico e terá de ser avaliado particularmente _ diz o delegado.

Agricultor que morreu em acidente na RSC-287 foi sepultado em São Sepé Claudio Vaz/Agencia RBS

Vítima morava há sete meses em Santa Maria

Conforme Lucimar Cordeiro da Silva, 46 anos, tio da vítima, seu sobrinho e a companheira se mudaram há cerca de sete meses para Santa Maria. No momento do acidente, conta o familiar, o agricultor estava transportando cargas de arroz de uma lavoura para um cilo. Silva não tinha filhos.
_ O Luciano trabalhou em uma oficina mecânica comigo por quatro anos e sempre foi muito prestativo. O apelido dele era Tiririca porque não deixava ninguém quieto, era bastante brincalhão. Ele perdeu o pai cedo, mas sempre foi muito bem educado pela família. Nesse tempo de vida, não deixou mágoa ou inimizade com ninguém _ afirma o tio.

FONTE: Patric Chagas

patric.chagas@diariosm.com.br

 

Uma resposta para “Agricultor que morreu em acidente na RSC-287 foi sepultado em São Sepé

  1. evanoi.charao@gmail.com

    18 de abril de 2014 at 19:41

    luciano era muito meu amigo sempre brincando

    Curtir

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: